em ,

Joana Castanheira transforma cartas nunca enviadas em seu primeiro EP, “Para”

Música com destinatário. Esse é o tom de “Para”, primeiro EP da cantora e compositora Joana Castanheira. Após chamar atenção no The Voice Brasil, com seu canal no YouTube (onde soma mais de 200 mil inscritos) e com o single “Travo”, a artista retorna com uma estreia intimista e pessoal. O álbum, que chega aos serviços de streaming de música por meio do selo Montanha, entrega cartas em formas de canções, revelando correspondências escritas por Joana e jamais enviadas. O EP estreia também com o clipe da faixa “Para (Des)conhecido”, além de interpretações minimalistas de todas as demais canções, já disponíveis no YouTube.

“Para” tem seu lançamento digital após se tornar um projeto inovador em formato físico. Ao longo do segundo semestre de 2018, Joana Castanheira ofereceu CDs personalizados e limitados através da loja virtual em seu site. A capa se transformou em um envelope, manuscrito pela artista, incluindo o nome do destinatário – a pessoa a quem o comprador dedicava as canções.

Ao construir as letras e as sonoridades de “Para”, Joana transformou o trabalho pessoal em uma colaboração com parceiros de longa data. Com Aparecido da Silva, ela compôs “Para, Por Favor”. Com Rita e Pedro Altério, divide “Para Nós”. Ele é, também, da banda 5 a Seco e  responsável por gravação, produção musical e edição do EP. Em “Para Cledir”, se uniu a Vitor Conor. “To Eleanor”, finalizou uma canção iniciada pela amiga Ana Vilela, autora do sucesso “Trem Bala”. Já “Para Mim” e “Para (Des)conhecido”, Joana assina letra e música.

O resultado é um trabalho de entrega emocional que mescla vivências e olhares sobre formas diferentes de amar. “Essas músicas são sobre as cartas que eu escrevi e nunca enviei. Hoje eu tomo coragem de enviá-las ao mundo, tomo coragem pra dizer todas as coisas que precisavam ser ditas”, reflete Joana.

Joana Castanheira é um dos nomes promissores da nova música brasileira. Catarinense de Florianópolis, ela começou sua carreira musical ainda na infância, aos sete anos de idade. Foi cantora de coral por quase uma década e se dedicou ao teatro musical, trazendo toda uma nova experiência de palco para a artista. Em 2014, criou um canal no YouTube para compartilhar versões cheias de uma personalidade própria de músicas que fizeram sucesso nacional e internacionalmente.

Nesses cinco anos, Joana já lançou mais de 300 vídeos e conquistou um público que passa de 225 mil pessoas, além de chamar a atenção na edição 2016 do The Voice Brasil, onde foi selecionada pelos quatro jurados em sua audição.

Agora, a artista entrega suas próprias canções. Em “Travo”, single lançado em 2018, ela mostrou um lado pop ao questionar os amores modernos. Em breve, Joana Castanheira lançará outras novidades.

Ouça abaixo: