em ,

EitaEita

Marília Mendonça é lembrada durante a cerimônia do Grammy

Marília Mendonça é lembrada durante a cerimônia do Grammy | Música | Revista Ambrosia

O Grammy 2022, no momento In Memorian – em que são lembradas as perdas relevantes para a música no ano que passou – trouxe uma menção à cantora brasileira Marília Mendonça.

Marília Mendonça é lembrada durante a cerimônia do Grammy | Música | Revista Ambrosia

O segmento se iniciou com um vídeo em tributo a Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, morto no último dia 25 de março. Era um clipe com momentos do músico, ao som da música do FF “My Hero”.

Em seguida vieram outros nomes da música, e a brasileira apareceu logo entre os primeiros, antes mesmo do baterista dos Rolling Stones Charlie Watts.

Marília Mendonça é conhecida por popularizar, não só musicalmente como no vocabulário popular a “sofrência”, ela liderou uma reviravolta feminina no gênero, que impôs mulheres como protagonistas do estilo até então dominado quase apenas por homens, a partir de 2016, no chamado “feminejo”.

Em janeiro de 2021, a cantora goiana bateu os Beatles em número de seguidores no Spotify, ostentando nada menos que 18,5 milhões de seguidores e ficando a frente de nomes globais, como Michael Jackson, Linkin Park, AC/DC, Katy Perry e Kendrick Lamar.

Também foram homenageados o rapper DMX, Ronnie Spector, Betty Davis e o segmento se encerrou com Stephen Sondheim, compositor de canções para musicais de teatro, incluindo West Side Story. Inclusive a atriz e cantora Rachel Zegler, que protagonizou a nova versão cinematográfica do espetáculo, dirigida por Steven Spielberg, também se juntou no palco a Ben Platt, Cynthia Erivo e Leslie Odom Jr, cantando músicas compostas por Sodheim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Um comentário

#Lançamento'22 Circuito Ambrosia