em ,

O Terno e Primos Distantes realizam lançamento em São Paulo

O selo musical RISCO está inaugurando nesta sexta-feira (29/8), em São Paulo, um evento mensal com bandas no espaço Serralheria. No desenho do projeto, duas bandas irão se apresentar mensalmente, uma do próprio selo e outra convidada.
Para a primeira noite estão confirmadas as bandas “O Terno” e “Primos Distantes”, ambas de São Paulo, que serão seguidas (como de praxe em praticamente todos eventos atuais) por DJs. A entrada sai por $25 na hora e $20 antecipado pela lista. Confira abaixo o release das bandas.
O Terno
Dois anos após o lançamento do disco de estreia, “66”, o trio paulista O Terno, formado por Tim Bernardes (voz e guitarra), Guilherme d’ Almeida (baixo) e Victor Chaves (bateria), lança em agosto seu segundo álbum, homônimo. “O Terno” é lançado de forma independente e traz um repertório com doze canções inéditas.
Primos Distantes
Não, eles não são primos. Muito menos distantes. Primos Distantes são, na verdade, dois amigos próximos que se conheceram há 13 anos em uma bandinha de colégio. Nunca tendo deixado a música de lado desde então, Caio Costa (guitarra, teclados e voz) e Juliano Costa (bateria e voz), lançam seu primeiro álbum em 2014 – produzido pelo músico Rafael Castro. Nos palcos, os Primos são acompanhados dos músicos Victor Chaves (bateria), da banda O Terno, Renato Medeiros (baixo) e Thales Othón (guitarra).
Serviço:
Noites Selo RISCO na Serralheria: O Terno + Primos Distantes
29/08 – sexta-feira
22h – 2h [show às 22h]
$25 porta / $20 lista (enviar nomes para: [email protected])
Rua Guaicurus, 857 – Lapa

Fotografia de O Terno por Fridman Willy Biondani e de Primos Distantes por Filipe Franco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Ímpar

Publicado por Salvador Camino

ModeradorVerificadoPromotor(a)EscritorGamerRepórterMusicistaFotógrafo

Escola de Cinema Darcy Ribeiro realiza cineclube com clássicos no Rio

Led Zeppelin vence o melhor riff de guitarra da História!