Ambrosia Destaques Projeto pernambucano Periquito Leão une indie, melancolia, poesia e música brasileira em primeiro single

Projeto pernambucano Periquito Leão une indie, melancolia, poesia e música brasileira em primeiro single

Reinvenção sonora e pessoal do cantor, compositor e produtor musical recifense Igor Bruno, Periquito Leão é um projeto focado na intimidade, com o artista expondo suas ideias e sentimentos em todas as fases da criação, passando por composição, arranjo, gravação e mixagem. A estreia é no single “Palavras Cortam”, uma faixa melancólica e poética, que está disponível em todas as plataformas de música digital.

Periquito Leão foi um projeto feito com calma, dando espaço para que o acaso modificasse as melodias, composições e ideias iniciais. O trabalho reflete tanto uma busca do artista por expor canções pessoais que o nome vem de um apelido dado por sua namorada. As faixas caminham entre o indie, a MPB e o experimental e algumas delas serão lançadas em forma de singles durante o primeiro semestre de 2019. No fim deste período, elas se reunirão em um álbum com faixas inéditas.  “Palavras Cortam” é uma parceria com Luccas Maia e foi um desafio a criação do arranjo.

“Ela foi feita em cima de um texto que não foi escrito para ser uma canção. Esse processo de transformar prosa em música fez com que surgisse uma melodia distinta. O arranjo mistura um beat de xote com elementos da música clássica como o piano, contrabaixo e a voz lírica do cantor Pedro Martins”, explica o artista

Igor já possui dois álbuns na sua discografia. Com a banda Mamelungos, lançou um trabalho homônimo em 2010 e dividiu palco com artistas como Los Hermanos, Nando Reis, Arnaldo Antunes e Otto. Com a Prume, ele caminha pelo indie pop no álbum “Learning By Watching” (2016), abriu um show de Cidade Negra e participou do Jack Daniel’s Festival, que contou com nomes como Planet Hemp e Nação Zumbi. Nos últimos anos, Igor tem estudado para evoluir seu trabalho de produção musical.

“Eu sempre tive vontade de lançar um disco solo, mas só me senti seguro agora depois de alguns anos produzindo. Eu queria ter mais autonomia sobre o arranjo e sobre como ia soar o trabalho. A ideia do disco é também me lançar como produtor”, conta Igor.

Já disponível digitalmente, “Palavras Cortam” tem como arte da capa uma pintura do artista argentino Martin Lanezan. O álbum está previsto para o primeiro semestre de 2019 .

Ouça aqui:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

próxima publicação