Ambrosia Destaques The 1975, com muito suingue, conquistam os cariocas

The 1975, com muito suingue, conquistam os cariocas

A iniciativa do Queremos!, que viabiliza shows através de crowdfunding, proporciona a experiência de se ir a um show lotado apenas de verdadeiros fãs. Não tem erro. E se é uma banda no auge da sucesso, pisando por aqui pela primeira vez, é garantia de uma noite bastante calorosa, como a de ontem no Circo Voador no Rio de Janeiro, que recebeu os ingleses do The 1975.

Atração do Lollapalooza Brasil 2019, os rapazes de Manchester (terra de muita coisa boa como The Smiths, New Order, Oasis) já estiveram no país na edição 2017 do Lolla, mas essa é a estreia em terras cariocas. A lona da Lapa parecia pequena para caber tanta gente e tanta devoção.

Foi pontualmente às 22 horas (exatamente o horário previsto) que as luzes do Circo se apagaram, e no palco vinha fumaça, luzes piscando e o tema 1975 nas caixas de som. E Matthew Healy (vocal e guitarra), Adam Hann (guitarra), Ross McDonald (baixo) e George Daniel (bateria) entraram no palco sob gritos que se intensificaram com os primeiros acordes de ‘Give Your Self a Try’. A plateia cantava a plenos pulmões e quase abafava a voz de Matthew.

O 1975 faz uma azeitada mistura de power pop, synth, soul, funk e pitadas de jazz, que transformou o Circo em um bailão nas músicas mais dançantes, nas quais a banda, principalmente o vocalista, mostrava bastante suingue em passos de dança. Na segunda música, ‘TOOTIMETOOTIMETOOTIME’, chegaram os reforços, John Waugh, que além de piano, sintetizador e teclado dá uma organicidade no sax (que até poderia constar como base pré-gravada), e as gêmeas dançarinas Taitlyn e Kaylee Jaiy (que também fazem backing vocal em algumas músicas).

“Como vocês estão se sentindo, Rio?”, perguntou o protocolar mas também espontâneo Matthew. O vocalista ressaltou que eles estão acostumados a tocar para grandes plateias, em festivais, mas nada é como um lugar mais intimista, com um contato mais direto com o público. Durante todo o show ele esbanjou simpatia, carisma, pediu cuidado para quem estava no mezanino (realmente olhando de baixo para cima aquilo muito cheio dá impressão de que pode cair, mas é seguríssimo), deu garrafa d’água para quem estava no gargarejo (depois seguranças distribuíram mais água) e durante a música ‘Loving Someone’ pegou uma bandeira do orgulho LGBT, colocando-a em cima do bumbo da bateria. Também revelou antes de tocar ‘fallingforyou’ que essa é sua favorita.

A vantagem do show em que a banda é a única atração é justamente um maior espaço para o setlist. No Lollapalooza Argentina foram 14 músicas, e 13 na edição chilena. Já no show carioca foi um passeio de 21 músicas pelos três discos. Matthew avisou logo no início que seria um set longo. Até porque trata-se de uma festa particular de fãs. Daí couberam alguns resgates, como ‘I Coudn’t Be More in Love’, música do último álbum que nunca foi executada ao vivo, e ‘If I Believe You’, pela primeira vez nessa turnê. A parte regular fechou com uma trinca tirada do bem recebido último trabalho – ‘I Like America & America Likes Me’, ‘Somebody Else’ e ‘I Always Wanna Die’ – e o bis trouxe quatro hits enfileirados: ‘Love It If We Made It’, ‘Chocolate’, o hino ‘The Sound‘ e ‘Sex’.

E com 1 hora e 40 de música, o The 1975 entregou aos cariocas um show completo, em ambos os sentidos, depois de seis anos de espera por essa que é uma das bandas mais importantes da cena atual. E para o quarteto, certamente esse show intimista serviu como um bom combustível para a apresentação de hoje. Os fãs que adicionaram esse ao show do Lolla (ou trocaram) podem estar certos de que fizeram um ótimo negócio.

Setlist:

  1. Give Yourself a Try
  2. TOOTIMETOOTIMETOOTIME
  3. She’s American
  4. She Way Out
  5. Sincerity Is Scary
  6. It’s Not Living (If It’s Not With You)
  7. Loving Someone
  8. I Couldn’t Be More in Love(Live Debut)
  9. A Change of Heart
  10. Robbers
  11. fallingforyou
  12. You
  13. I Like America & America Likes Me
  14. Somebody Else
  15. I Always Wanna Die (Sometimes)
    Bis:
  16. If I Believe You(Tour Debut)
  17. Love It If We Made It
  18. Chocolate
  19. The Sound
  20. Sex

Fotos: the 1975 BR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

próxima publicação