em

Woodstock Brasil confirmado, mas muda o nome para Starts With You

Em uma nota à imprensa divulgada hoje, o publicitário Eduardo Fischer, responsável pelo festival Maquinaria do ano passado, confirmou que o festival que até então era chamado de Woodstock Brasil irá se chamar “Starts With You Music and Arts Festival”, ocorrendo entre 9 e 11 de outubro de 2010 e terá o cuidado com o meio ambiente e sustentabilidade como tema.

O evento ocorrerá no município de Itú, na fazenda Maeda, que tem uma área de 140 mil metros quadrados e já foi usada para eventos como as famosas raves XXXpereience. Ao todo, serão quatro palcos, divididos em tendas: Eletrônico, Fórum, Novos Talentos e Palco Principal. Enquanto estiver rolando os shows, diversos fóruns, debates e palestras irão ser realizados, permitindo inclusive aos participantes que acampem no local.

Como shows já confirmados teremos Pixies, Incubus, Dave Matthews Band e Linkin Park. Segundo a produção, o grupo Pearl Jam, que era um dos mais cotados, não poderá vir porque Eddie Vedder, vocalista da banda, estará se casando no final de semana do evento. Ao todo serão 60 bandas nacionais e internacionais, dividias em vinte shows diários.

Agora é aguardar a confirmação das outras bandas e início da venda dos ingressos.

J.R. Dib

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários

  1. Assisti o filme e não li a hq, gostei muito do filme, mas depois da empolgação inicial percebi que ele tem muitos cliches e cenas legais, mas a desconstrução do herói, que era algo que já esperava realmente não foi nada marcante. O Davi falo acima de reviravoltas de roteiro e que o legal é se divertir vendo o kick ass malhando a mina, sinceramente isso por si só não basta em um filme de herois, a figura do herói está sempre distante distante dos outros que protege justamente por que faz sacrifícios, Batman cavaleiro das trevas teve mirabolantes reviravoltas de roteiro, personagens com personalidades e a morte da Rachel que foi absurda de tanta carga emocional, e na minha humilde opinião é o melhor filme de herói ever, e ele nem estava desconstruindo a imagem do herói. Por ser uma obra para cinema alguns retoques tem que ser feitos, sim, boas adaptações são isso, “adaptações” das obras originais uma releitura da visão do diretor, senão seriam “reproduções” das obras originais, o filme é realmente muito bom e continuo recomendando, Claro que para um melhor entendimento deve-se também correr atrás da HQ.
    Só complementando, não existe forma certa ou errada de enxergar determinada obra, é multiplicidade de interpretações que as tornam realmente marcantes, como foi Wacthmen, Batman the Dark Knight, O Senhor dos Anéis e o melhor filme que eu já assisti e não tem nada a ver com quadrinhos mas fala de conceitos e de heroísmo “Advogado do Diabo”.
    Valeu a resenha.