No Dia Internacional da Mulher não poderíamos deixar de lembrar das mulheres superpoderosas mais queridas dos quadrinhos de super-heróis. Afinal, as personagens femininas são donas de muitos dos arcos mais importantes nas HQs. Segue a lista abaixo.

10. Viúva Negra

Natalia Alianovna Romanova (em russo Наталья Альяновна “Наташа” Романова) ou Natasha Romanoff, mais conhecida como Viúva Negra. Foi apresentada como uma espiã russa no encalço de Tony Stark. Mais tarde integrou os Vingadores. No cinema ela faz parte da primeira formação do grupo.

9. Mulher Gato

A personagem mais marcante do universo de Batman. às vezes heroína outras vilã, é essa dualidade que fascina os fãs. E também o Homem-Morcego. Ganhou até um filme solo nos cinemas, que, infelizmente, não foi uma produção das mais acertadas.

8. Feiticeira Escarlate

A Feiticeira Escarlate foi criada por Stan Lee e Jack Kirby, e apareceu pela primeira vez em The X-Men # 4 (março de 1964). Ela é retratada como um supervilã junto com seu irmão gêmeo Mercúrio como membro fundador da Irmandade. Possui habilidades para alterar a realidade, o que a torna uma poderosa feiticeira. Scarlet Witch é mais tarde retratado como um membro regular dos Vingadores. Ela também se torna a esposa do colega de equipe Visão.

7. Mística

Mística é uma metamorfo que pode imitar a aparência e a voz de qualquer pessoa com precisão requintada, e sua aparência natural inclui a pele azul e os olhos amarelos. Ela é tipicamente retratada como inimiga dos X-Men.

Durante a maior parte de sua história, Mystique é uma supervilã, fundando sua própria Irmandade de Mutantes e assassinando várias pessoas importantes envolvidas em assuntos mutantes. A idade é desconhecida, mas sabe-se que tem mais de 100 anos. Ela é a mãe de Graydon Creed, o Noturno, e a mãe adotiva da Vampira. Ela é forçada a abandonar Noturno, mas cria Vampira por vários anos.

6. Jean Grey

Uma das personagens centrais de X-Men, Jean Grey é uma dos cinco maiores telepatas que existem. Possui o poder de Telecinese, que é a capacidade de manipular e controlar objetos com a mente, podendo levitar, mover, atirar ou quebrar qualquer objeto físico. Ficou conhecida como Fênix e protagonizou a saga da Fênix Negra, uma das mais importantes dos X-Men e que ganhará filme esse ano.

5. Hera Venenosa

A eco-terrorista é o alter ego da Dra. Pamela Lillian Isley. Foi criada em 1966 para oferecer um perigo real a Batman, já que a Mulher-Gato era vista pelos leitores como “quase uma aliada”. Seu criador, Robert Kanigher, teria se inspirado em Betty Page, tanto no corte de cabelo quanto no sotaque do sul dos EUA. A personagem teve forte influência do movimento feminista da época.

4. Tempestade

Os X-Men são repletos de mulheres fortes e Ororo Munroe é definitivamente uma delas. Apareceu pela primeira vez na Giant-Size X-Men #1 (Maio de 1975). Descendente de uma longa linhagem de sacerdotisas e feiticeiras africanas, Tempestade é capaz de controlar o clima e a atmosfera. É considerada um dos mutantes mais poderosas do planeta. Quando Marvel e DC Comics publicaram a minissérie DC vs. Marvel em 1996, Storm enfrentou a Mulher Maravilha e, devido ao voto popular dos leitores, saiu vitoriosa.

3. Arlequina

Tornou-se um ícone pop indubitável desde que foi criada na série animada de Batman, de 1992. A intenção original de Paul Dini e Bruce Timm era que Arlequina aparecesse apenas em um episódio (chamado Joker’s Favor). A reação positiva do público e da crítica foi tanta, que ela voltou em vários outros e em 1993 passou a aparecer também nos quadrinhos. Sua popularidade cresceu ainda mais depois do filme do “Esquadrão Suicida”. Mas foi com os Novos 52 que ela ganhou total vida própria, independente das histórias do Batman ou do Coringa.

2. Vampira

É outra personagem feminina importante em X-Men. Criada em 1981, ganhou ainda mais destaque nos anos 90. Te poder de absorver as memórias, pensamentos, e as habilidades físicas e mentais da vítima. Ela possuiu por anos os poderes da Miss Marvel original de super-força. Esse poder de absorção se manifestou em seu primeiro beijo na adolescência e o rapaz entrou em coma. Por isso ela se maném distante de relacionamentos amorosos. Seu grande amor é Gambit.

  1. Mulher Maravilha

O epíteto de super-heroína sempre foi sinônimo de empoderamento (antes mesmo de esse termo se tornar tão usual). Seus icônicos artefatos são os braceletes da prova de balas e o laço da verdade. Sem contar com o avião invisível. Com o lançamento de seu primeiro filme para o cinema, seu status pop foi elevado ainda mais.

Deixe sua opinião

Sua mensagem
Seu nome