em , ,

Fãs de super-heróis apoiam a diversidade nas telonas

Parece que a grande maioria dos fãs de quadrinhos e filmes baseados em HQs querem mesmo representatividade nas telas. Em uma pesquisa do GeekWrapped (via ComicBook), 990 aficionados por quadrinhos e cinema responderam perguntas a cerca  da raça ou etnia dos super-heróis e uma alta porcentagem revelou que não deseja ver mudança.
O Pantera Negra lidera a lista dos que não devem mudar de etnia, segundo os fãs. 60.3% não quer que ele mude. Em seguida vem Thor, com 51.7%. Abaixo, os percentuais vão caindo significativamente em relação a super-heróis como Superman (41.5%), Capitão América (40.1%), Homem de Ferro (35.4%), e Mulher-Maravilha (34.6%).
Fãs de super-heróis apoiam a diversidade nas telonas | Quadrinhos | Revista Ambrosia
O estudo revelou ainda que entre raça ou etnias, histórias, arcos, e comportamento, a primeira categoria é a que tem menos relevância. No entanto, vale constatar que dos 990 pesquisados, apenas os fãs caucasianos se sentem bem representados nos quadrinhos, com 4.3 de 5. Negros e os chamados afro-americanos marcaram 2.4, seguidos dos multirraciais (2.3), e hispânicos (2.2). Asiáticos e descendentes são os que se sentem menos representados, com 1.7.
Fãs de super-heróis apoiam a diversidade nas telonas | Quadrinhos | Revista Ambrosia
Mulheres querem mais diversidade quanto a gênero. 92.6% delas defenderam um maior número de personagens femininas. E os homens não ficam tão atrás. 83.8% concordam. Também foi pesquisada a opinião por geração. 77,2% dos Baby Boomers apoiam uma maior representatividade. Para a Geração X o número aumenta para 87.8% e para nada menos que 91.6% dos millennials. 66% dos pesquisados gostariam de ver mais super-heróis asiáticos.

Opiniões

Participe com sua opinião!

Carregando

0