em

Maior coleção de quadrinhos brasileiros é roubada em São Paulo

Três pessoas armadas invadiram no último no dia 16 em um sobrado na Vila Alexandria, nas imediações do Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, e de lá saíram com aproximadamente sete mil quadrinhos raros de uma das maiores coleções do país.

Segundo Antonio José da Silva, o Tom Zé, de 63 anos, os assaltantes sabiam exatamente o que buscavam e conheciam seu acervo, buscando precisamente as revistas valiosas em meio a sua coleção de 200 mil quadrinhos. Entre as edições roubadas, foram levados 200 primeiros exemplares de revistas dos anos 1930 e 1940, como O Lobinho e O Gibi, duas das revistas mais raras do mercado nacional.

Tom Zé, colecionador a mais de quarenta anos, revelou também que não possui seguro das revistas, já que apesar do valor histórico, não existe um mercado de quadrinhos raros no Brasil como acontece nos Estados Unidos, onde alguns quadrinhos já foram leiloados na casa dos milhões.

Além de levar os quadrinhos mais raros da coleção de Tom Zé, os assaltantes levaram também as reproduções que o autor tinha de suas HQs mais preciosas, dando mais força a ideia que o mandante do crime é outro colecionador – o que também não precisa de muito, já que efetivamente o valor destes quadrinhos é apenas virtual.

Nossa torcida para que o colecionador recupere o material roubado.

Fonte: Estadão

Participe com sua opinião!

Ímpar

Publicado por Salvador Camino

ModeradorVerificadoPromotor(a)EscritorGamerRepórterMusicistaFotógrafo

Paul McCartney volta, fazendo o que sabe

Peter David retorna ao X-Factor