em

Necronauta #1 de Danilo Beyruth

No HQ em Pauta eu tive a feliz oportunidade de conhecer trabalhos de ótimos artistas nacionais. É uma briga pessoal com a minha própria cabeça, que costuma dar valor demais só pro que é de fora. Mas o Twitter  e os eventos sobre o assunto fizeram a minha cabeça ser mais receptiva.

Após ver alguns comentários pela internet, tive contato pessoalmente com a premiada obra de Danilo Beyruth e ganhei um autógrafo dele no meu exemplar.

O encadernado, lançado pela HQM Editora, é uma compilação de diversas histórias rápidas lançadas de forma independente. Era tudo em formato de zine mesmo,  impresso em xerox, segundo o que o próprio Danilo conta nas breves introduções de cada capítulo. Somente a última foi publicada colorida numa edição da revista Popgun #3, da editora Image.

O Necronauta é, como ele próprio define, “um salva-vidas dos mortos”. Vestido com uniforme de super-herói e usando o menor disco voador do mundo como transporte, ajuda almas perdidas entre a morte e a luz a encontrarem seus próprios caminhos. Essa é a função dele, e ele é bem versátil nessa tarefa.

O personagem é muito bacana e carismático, mesmo lidando com a morte. Ele deve ser do mesmo time da irmã mais velha do Sonho, a Morte de Sandman. Além de tudo, é um cara com espírito criativo e tem muita bravura. Mas a cereja do bolo são as análises dos problemas das pessoas que ele tem que ajudar. Há um leve humor negro que é totalmente desculpável, afinal de contas ele é o barqueiro da morte vestido de super herói.

As histórias, que são bem curtinhas, sintetizam a dificuldade das pessoas de encarar os problemas da vida real e como existem casos em que o remorso, o medo, a sensação de fracasso e outros sentimentos tão ruins podem bloquear a vida de um indivíduo. Estes pequenos arcos ficam cada vez melhores com o passar do tempo, e os dois últimos, mais longos e que mostram mais o mundo em que o Necronauta vive, são as minhas preferidas, há mais espaço pra desenvolver o incrível potencial do personagem. São pequenos contos de como superar problemas lembrando do que existe de bom na nossa vida.

Necronauta provavelmente é muito melhor do que eu consigo escrever. Além de ser indicado ao HQMix de 2008, a coletânea Popgun ganhou o prêmio Eisner de melhor antologia, e o Necronauta está lá.

Necronauta – Vol.1: O Soldado Assombrado e Outras Histórias
Edição Especial
Editora: HQM Editora
88 paginas
Preço: R$ 29,90
Formato: 16,5 x 24 cm

Essa edição pode ser encontrada na loja online Comix.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários

  1. sabe acho legal a pessoa poder publicar um gibi no brasil,mas vamos ser sensatos ,um amigo me arrumou uma revista desse personagem,e simplesmente não acreditavamos naquilo ,olha gente me desculpe ,nós temos grandes artistas e uma gama muito maior de possiveis escritores,podemos criar personagems nos moldes de quadrinhos de super herois americanos ,bem escritos e desenhados ,não estou usando de preconceito ,mas temos muitos quadrinistas brasileiros melhores que precisam da atenção de voces .