em

Versão erótica de Tintim causa polêmica.

Tintim

O Tintim é um personagem extremamente conhecido de Hergé, porém sua fama não advêm apenas de sua fisionomia própria e de suas aventuras globais, mas também das diversas atribuições racistas que aparecem nas revista do personagem (que surgiu na virada para os anos 30).

TintimAtualmente, porém, o que vêm causando polêmica acerca de Tintim é algo completamente diferente; assuntos relativos à modificações realizadas no mundo dos personagens originais.

O escritor espanhol Antonio Altarriba lançou uma reapropriação do Tintim em uma HQ de sua autoria chamada El Loto Rosa ou, no português, A Lótus Rosa (fazendo uma referência a um conhecido título da série do Tintim, A Lótus Azul). Nessa nova obra o autor se utiliza de um Tintim mais adulto, que perdeu sua carrera de repórter (a qual tenta recuperar) e acabou virando um paparazzi, em contrapartida ele agora se inicia em um mundo sexual. Quanto aos outros personagens: o Capitão Haddock se tornou um alcoólatra, o professor Girassol é internado em um hospício e Milou, o terrier branco, encontra-se morto. E, além de todas estas modificações, Altarriba também incluiu cenas de sexo explícitas na história.

Estas mudanças podem ser interessantes e provavelmente divertidas para aqueles que conhecem o Tintim assexuado original de Hergé, mas há quem não gostou nem um pouco destas re-apropriações Entre essas pessoas encontra-se a família de Hergé, que afirma que Altarriba perverteu em essência a personalidade do Tintim. O resultado foi o início de uma briga na justiça para tentar impedir a distribuição esta obra, que acabou em um acordo feito pelas partes no qual a Edicions de Ponent se compromete em não mais editar a obra, que teve sua tiragem inicial de 1.500 exemplares.

Sobre a polêmica Altarriba afirmou: “Sou um escritor inteiramente avesso ao plágio, mas o uso de personalidades pré-existentes é comum. Usei vários personagens em minhas obras anteriores e nunca tive problemas. Mas depois disso, nunca mais escreverei sobre Tintim”.

Avatar

Publicado por Diana