em

Festival do Rio: Zona Sur

Festival do Rio: Zona Sur | Sem categoria | Revista Ambrosia

Zona Sur” é um grande exemplo de perda da mensagem em detrimento a masturbação egocentrica do autor, neste caso pelo diretor boliviano Juan Carlos Valdivia.

Festival do Rio: Zona Sur | Sem categoria | Revista AmbrosiaNa cidade de La Paz a classe mais rica vive na área área mais baixa da cidade, conhecida como Zona Sur, representada no filme pelo microcosmo familiar da família de Carola (Ninón del Castillo), uma típica mãe divorciada que assume as rédeas da família após o fim de seu casamento. Dependendo de Carola vivem seus filhos Patricio (Juan Pablo Koria), jovem perdido que passa seu tempo bebendo com os amigos e transando com a namorada, Bernarda (Mariana Vargas), uma garota lésbica buscando independência, e o caçula Andres (Nicolás Fernández), um garoto que sonha se tornar Steven Spielberg. Em comum todos possuem os olhos vendados para a realidade que Carola não mais consegue sustentar o estilo de vida alto da família, situação que contagia mesmo o mordomo Wilsom (Pascual Loayza), que mesmo sem receber a seis meses continua atendendo todas exigências dos patrões e comprando fiado na vizinhança.

Festival do Rio: Zona Sur | Sem categoria | Revista AmbrosiaAdicione a mistura diversos episódios rotineiros narrados no filme e a transição da sociedade boliviana de Evo Morales e teríamos um filme interessante, no mínimo um registro do momento atual de um povo. Infelizmente o filme se perde em atuações razoáveis e uma repetição de tomadas circulares sem fim, que poderiam ter sido bem aproveitadas com cautela pelo diretor, mas que impregnam o filme todo. Entenda melhor pelo trailer:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=PbiIs-gogSI[/youtube]

Boas idéias são como palavras, se você as usa de maneira imprudentes elas perdem seu poder.

[xrr rating=2/5]

3 Comments

Deixe sua opinião!

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Salvador Camino