em , ,

TopTop CurtiCurti EitaEita

Impressões para a série Caçadores de Demônios (The Uncanny Counter)

A Netflix vem apresentado produções de diversos países, entre os quais, a Coreia do Sul e seus doramas. Ao procurar uma novidade no ecrã, The Uncanny Counter (2020/2021) ou Caçadores de Demònios, como ficou traduzido, é uma destas séries sul-coreanas, aqui uma produção da emissora OCN.

Lançada pelo streaming em novembro do ano passado, a série é baseada no webtoon Amazing Rumor de Jang Yi. É um drama de comédia sobrenatural que mistura fantasia, suspense e mistério numa pegada super-heróica. A série conseguiu conquistar a atenção de muitos por sua dualidade de ter um roteiro que amalgama tanto gêneros e entrega uma narrativa compreensível ao público e bem divertida de se assistir.

Análise

A série tem um início narrativo muito forte em termos de construção de cenário e layout de enredo. Situado na cidade fictícia de Jungjin, somos apresentados a quatro counters ou caçadores que pegam akgwi (espíritos malignos) à solta.

Esses caçadores invocam os tais espíritos/demônios que possuem o corpo humano e os entregam a “Yung” ou a fronteira entre o mundo humano e a vida após a morte. Cada um possui um parceiro espiritual que também reside em seu corpo. Isso também lhes dá habilidades únicas, como psicocinese, leitura de memórias, cura de feridas e força sobre-humana.

Após cada batalha bem-sucedida, todos os espíritos humanos que foram colhidos pelos demônios também são salvos e ascendem ao céu.

E assim somos apresentados, jjuntamente com a equipe de caçadores, a Su Mun, um aluno do Ensino Médio, que vive se metendo em problemas para livrar seu amigo de bullies da escola.

Quando criança, sofreu um acidente que o traumatizou fisicamente e psicologicamente. Até ser atingido por uma luz estranha, que lhe dá superpoderes e o torna o mais novo integrante dos Caçadores da Coreia do Sul.

Son Mun é o protagonista da série, que na Coréia do Sul está até no seu título, Gyeongiroun somun, ou melhor, Amazing So Mun tem sua concepção bem familiar.

O personagem lembra muito Peter Parker nos primeiros momentos que ganha seus poderes, como também Yusuke de Yu Yu Hakusho, um adolescente que ganha poderes inesperadamente, e é levado a resolver problemas envolvendo demônios à espreita no mundo humano.

Com esses conceitos se somam aspectos do dorama: menino órfão, deficiente, com superpoderes secretos que salva o mundo enquanto captura o vilão que matou seus pais.

Os demais Caçadores também são pessoas comuns que, assim como Mun, receberam a missão de defender o país. A diferença é que estavam em coma quando aceitaram o chamado. Do Ha-na consegue ler memórias e localizar os seres em ações malignas. Go Motak num ex-detetive que perdeu a memória, com superforça e resistência. Chu Maeok é como a âncora da equipe, sensível, com poder de cura. Além de um quinto caçador, o primeiro “Caçador” da Coreia, é o encarregado de administrar as despesas do grupo.

O roteiro

O roteiro de Yeo Ji-na ambienta comédia e fantasia, com fortes traços de ação e aquele drama que caracteriza os doramas, mas evoca menos a sensação usual da comédia dramática. Mas partindo da webtoon que deu origem, The Uncanny Counter é uma história em quadrinhos que ganha vida.

A ideia da equipe de caçadores trabalharem num restaurante de macarrão como disfarce é hilária e até pode afugentar aqueles que logo procuram densidade no roteiro. As cenas de luta não possui violência gratuita, abordando o contexto de vigilantes, mas são bem coreografadas, expressivas e com efeitos especiais que ajudam seus interpretes a se destacarem nestas cenas.

Ji-na deixou o roteiro após 12 episódios devido a “opiniões diferentes sobre o enredo final da série;” e foi substituída nos últimos 4 episódios. Álgo que poderia ter acabado com a série, que foi inundada de reviravoltas repentinas e dando o foco a Mun até o final, mesmo com os conflitos do passado de seus demais companheiros.

O final também parecia ser puro fan service. Foi todo construído para quem gostou da série, sabíamos que iriam derrotar o inimigo final e o que estava vago foi colocado no lugar certo, e meio a esses problemas, o dorama traz o sentimento clichê do gênero, mas foi capaz de sobreviver da mesma forma que So Mun e o time derrubaram o mal no final.

Veredito

Apesar de não ser tão profunda, a série Caçadores de Demònios consegue com sua narrativa sobrenatural/mistério/ação/policial nos prender pela simplicidade, seu elenco cativante, a ação das cenas de luta e de perseguição seus vilões, o sentimentalismo da perda … permanecendo fiel ao estilo coreano de fazer filmes e televisão. Pode ser um pouco piegas, mas é divertido assistir.

Nota: Ótimo – 3.5 de 5 estrelas

Impressões para a série Caçadores de Demônios (The Uncanny Counter)
3.5 / 5 Crítico
Avaliação
Publico (0 notas) {{ reviewsOverall }} / 5
Reviews Deixei sua nota!
Order by:

Be the first to leave a review.

User Avatar User Avatar
Verificado
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

This review has no replies yet.

Avatar
Show more
Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixei sua nota!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *