em

Californication volta com tudo!

CALIFORNICATION

O seriado Californication é um dos maiores eventos dedicados ao público adulto da TV estadunidense. Estrelada pelo, até então, sumido David Duchovny (o bom e velho Fox Mulder de Arquivo-X, que faz Hank Moody), a série mostra a vida conturbada de um famoso escritor viciado em sexo e álcool que se muda para a Califórnia amamentando uma complicada relação com Karen e a filha deles, Becca. O motivo de Californication ter se tornado um evento reúne uma série de fatores, como o fato de ser uma comédia adulta explícita, sem economia, além, é claro, de mostrar o talento de Duchovny de uma forma jamais vista em nenhum outro trabalho seu.

Neste artigo vamos falar sobre a season premiere da terceira temporada, que muita gente duvidou que aconteceria, mas escapuliu na internet antes mesmo de ser exibido no canal Showtime, e atingiu uma audiência de mais de quase 1 milhão de pessoas, um número considerado altíssimo para o tipo de pulico ao qual a série é voltada e para seu horário. O episódio, intitulado Wish You Were Here, referencia não apenas o fato de Karen estar trabalhando em Nova York, mas também a música do Pink Floyd, continuando a tradição da série de estar sempre envolta de clássicos do rock.

Sinopse: Com Karen tendo partido, Hank tem que ligar com mais atitudes rebeldes de Becca, mas também acaba conhecendo Dean Stacy Koons e sua família. Enquanto isso, Charlie e Marcy voltam a morar juntos, pois Charlie não pode pagar aluguel e a hipoteca ao mesmo tempo. Entretanto, eles ainda planejam continuem com o processo de divórcio.

O episódio começa de uma forma louca e constrangedora como o episódio piloto: nele, Hank está fazendo sexo com uma garota bem mais nova que ele e, durante a coisa toda ele… dorme! A garota, emputecida, vai embora e o deixa falando sozinho. Becca chega em casa com uma amiga e Hank pega as duas chapadas de maconha, que foi obtida justamente num lugar escondido no quarto dele. No dia seguinte, levando Becca para a escola, ele acaba conhecendo a mãe da garota e é convidado para um jantar na casa dela, o qual ele acaba aceitando. Lá, ele convencer o professor Bates a tomar um uísque com ele, o que inicia um processo terrível pois Bates não bebia nada há mais de 10 anos.

Californication_Season_3

Enquanto isso, Charlie Runkle continua com seu divórcio com Marcy, que promete dar muito pano pra manga dos dois, que, no fundo, ainda se gostam muito, mas não conseguem parar de implicar um com o outro. A cena mais fantástica deste episódio acontece no meio do jantar, quando o professor Bates volta do banheiro completamente nu e simula uma “vagina masculina” fazendo todos na sala caírem na gargalhada, e depois pula pela janela da cozinha direto para a piscina do quintal – só este momento vale todo o episódio, é extremamente hilário!

O mais legal do episódio é perceber que os laços de Hank com Karen continuam vivos, mesmo que distantes, e tudo à sua volta andou mudando – Charlie está num novo emprego com uma chefe ninfomaníaca, o livro de Lew Ashib não foi nada demais, sua filha está mais velha e experimentando coisas novas. Hank também aceita uma nova proposta, de ser professor universitário – isso sem falar nos novos personagens. Enfim, Californication voltou não apenas com uma premissa excelente para o desenrolar desta temporada, mas também trouxe um número de comédia irreverente, atualizado e adulto, com sacadas que, se bem utilizadas nos próximos episódios, ainda vão segurar este seriado por muito mais tempo. Vida longa à Hank Moody!

Não deixem de acompanhar este fantástico seriado que promete muita diversão. As duas primeiras temporadas já estão à venda no Brasil aqui numa promoção bem bacana de nossa parceria com o Submarino.

PS: Ah sim, este episódio foi dirigido por David Duchovny em pessoa. O cara tá aprendendo bem =D

3 opinaram!

Deixe sua opinião!

Deixe sua opinião

Festival do Rio: Matadores de Vampiras Lésbicas

Geoff Johns anuncia novidades para Flash