em

“Revenge” – Vingança, mistério e drama numa combinação perfeita

Todo começo de semestre temos uma leva enorme de seriados e nem sempre alguns chamam muito a nossa atenção. Esse não é o caso de Revenge.

Em uma cidade onde riqueza, status e beleza são o que define seus moradores, a forasteira Emily Thorne (Emily VanCamp) vai chegar para balançar a ordem das coisas. Sua verdadeira identidade é Amanda Clarke, uma garota problemática que acreditava até pouco tempo que seu pai era o verdadeiro culpado por um grave acidente de avião. Mas, ao sair do reformatório ela se depara com Nolan (Gabriel Mann), um antigo amigo de seu pai que lhe entrega uma caixa deixada por ele, contendo vídeos, diários e fotos contando todos os fatos.

Eis então que ela muda de identidade e vai atrás dos Grayson e seu círculo de amigos, os reais culpados pelo acidente. Conforme vai montando sua estratégia, Emily vai aos poucos eliminando sem dó aqueles que incriminaram seu pai e acabaram com a sua família. Mas, ela não esperava encontrar alguns obstáculos, já que Victoria Grayson (Madeleine Stowe), gosta de manter todos, sejam amigos ou inimigos, bem próximos dela.

Com um roteiro bem escrito e um elenco dedicado, a série se tornou um enorme sucesso de público e crítica nos EUA. Faltando apenas alguns episódios para o final da temporada, todos esperam ansiosamente o desfecho.

A cada episódio ficamos sabendo um pouco mais do passado de Emily/Amanda e o que ela está armando para eliminar outros personagens. Lembrando que eliminar, não significa matar e sim tirar de cena e de preferência, bem humilhante se possível. O dilema da protagonista só aumenta ainda mais quando ela começa a criar laços que não deveria e efeitos colaterais parecem inevitáveis.

Os personagens são muito ricos e cada um deles é essencial para a trama. Alguns vivem até numa espécie de paranoia extrema, já que muitos possuem esqueletos no armário.

A disputa entre Victoria e Emily é ótima, pois uma nunca sabe o que a outra está planejando e tenta sempre estar a um passo na frente. É mais uma briga de egos, inteligência e estratégia do que física, o que só aumenta o clima de tensão em torno da trama.

O sucesso do seriado é garantido pois eles se esforçam para manter o clima de suspense e mistério em todos os episódios, mesmo que cada um se foque num acontecimento específico.

Revenge é uma ótima pedida para aqueles que curtem esse tipo de série e esperamos que eles não percam a mão na segunda temporada. A série é transmitida pelo canal Sony toda Terça-Feira às 21h.

[xrr rating=5/5]

2 opinaram!

Deixe sua opinião!
  1. Só um detalhe, o pai de Amanda não acusado de causar um acidente de avião. Ele foi acusado de terrorismo por lavar dinheiro para os responsáveis pelo ataque aéreo do 11 de setembro. Quando na verdade quem lavava o dinheiro era os Graysons, que não sabiam que seus “clientes” eram terroristas e pra se livrar usaram o empregado como bode expiatório.

Participe com sua opinião!

Ativista

Publicado por Melissa Andrade

ColecionadorNarutoRepórterFanáticos por SériesSuper-fãsFotógrafo

O Paraíso de Zahra

A Música resiste!