em ,

Segundas de Mistério: House, Fringe, The Mentalist e CSI

Desculpem o atraso. Tive alguns probleminhas técnicos que já foram sanados. Agora vamos ao resumo da semana com algumas participações especiais.

House – S07E03 “Unwritten”

O terceiro episódio contou com a participação de Amy Irving como a famosa escritora Alice Tanner. A equipe de House tem que descobrir o que há de errado com essa escritora que teve uma convulsão quando ia cometer suicídio. House tenta a todo custo descobrir o desfecho do seu último livro e encontrar um gosto em comum com Cuddy, assim sua relação não irá fracassar. E para isso, arma até um encontro duplo com Wilson e Sam.

Diferente de outras participações, essa foi deveras morna. Contudo, Irving realmente consegue convencer como louca e sofrida e acho que é tudo culpa do penteado. Foi mais interessante ver o que estava acontecendo fora da clínica do que a parte do diagnóstico, quando deveria ser o contrário. Será que está acabando a quantidade de esquisitices médicas?

Fringe – S03E03 “The Plateau”

Atos inexplicáveis, levam a mortes igualmente inexplicáveis. É quando a equipe Fringe intervém e tenta descobrir a causa do mistério. Enquanto isso Olívia está de volta ao batente e começa a ter estranhas visões de pessoas que ela pensa não tem relação alguma como Peter e Walter. Charlie está desconfiado de que ela seja mesmo a Olivia que eles conheceram, e Broyles tem medo de que isso possa desestruturar sua equipe. É quando o Sr. Secretário lhe explica o verdadeiro motivo dela estar ali.

O que dizer desse episódio? Fringe está cada vez mais tenso e angustiante. Fico apenas esperando o momento que a bomba explodir e toda a verdade vier a tona. Adoro o fato do Kirk Acevedo ter voltado ao seriado. Gostava muito do personagem dele e fiquei revoltada quando ele morreu na segunda temporada. Minha teoria mais simples é de que ele e Lee vão acabar ajudando-a a voltar para o mundo real. Não sei como, mas creio que eles vão ser peças muito importantes na hora da decisão.

The Mentalist – S03E03 “The Blood on his Hands”

Um corpo aparece na margem do rio e a equipe do CBI começa a investigação. Mais uma vez eles são levados ao culto do Visualize, presidido por Bert Stiles. Patrick tem certeza de que Bert está escondendo informações importantes sobre o paradeiro de Kristina Frye. Enquanto isso eles descobrem que o FBI tem igual interesse no culto e acabam unindo forças. Patrick estava certo e Bert lhe dá uma pista sobre o paradeiro de Frye.

Acho que dessa vez eles engrenam na trama. Pelo menos eu espero. A participação desse culto é muito interessante e levanta algumas questões interessantes sobre a ligação do Red John com o Patrick. Espero que eles continuem assim no próximo episódio, e para deleite de alguns, eles devem explorar um novo romance, já que Rigsby e a Van Pelt não deu certo.

CSI – S11E03 “Blood Moon”

Durante uma convenção, a antiga rixa entre “Vampiros” e “Lobisomens” vem a tona e uma pessoa é brutalmente assassinada. Os CSI começam a investigação no meio dessas pessoas atípicas que usam seus trajes e a noite para fugir da realidade. Langston e Nick estão achando tudo muito divertido e mergulham na história, procurando entender quem e  o porquê de tamanha atrocidade.

Abusando da modinha do momento, os produtores acertaram em cheio nesse divertido episódio. Andy Dick, famoso comediante faz uma pequena participação. Langston até se veste de vampiro, com direito a lentes e dentes falsos para tentar entender melhor o universo dark. As piadas são ótimas e as personificações, um show a parte.

Há uma teoria de que o 4º episódio de qualquer seriado é sempre crucial para a trama. Como estamos chegando a esse ponto vamos ver se essa teoria afirma ser verdade.

Até a próxima!

Deixe sua opinião

Resenha: Runas de Joanne Harris

Bitscópio: Virtua Fighter