SINOPSE: A história se inicia com a primeira noite de Billy como guarda de uma prisão pra lá de sinistra. O jovem aceitou o trabalho como sua única oportunidade de liberdade. Órfão, seu desejo de sair do lugar que passou toda sua vida, o Lar para Meninos Desafortunados, falou mais alto.  Entretanto, o emprego não seria algo tão fácil. Além de um supervisor exigente, os prisioneiros não são nada comuns, e o pior, há celas que ninguém pode utilizar, além de um macabro local chamado Poço da Bruxa, que possui um grande mistério.

Delaney e seu conto "A Prisão mal-assombrada"

No melhor estilo Dickens, Joseph Delaney (As Aventuras do Caça-Feitiço) nos apresenta A prisão mal-assombrada (The Ghost Prison, tradução de Ana Resende, Bertrand Brasil), uma narrativa juvenil de Suspense, ambientada no universo da série mais popular de Delaney.

Billy Calder, o protagonista, é um órfão de quinze anos que arranja um emprego como guarda numa estranha prisão. Sua função seria vigiar os criminosos encelados lá. Entretanto, o local, afastado e cercado por uma floresta, é conhecido pelas histórias de bruxas condenadas, fantasmas e ataques inexplicáveis. O rumor que mais assusta é a de que uma antiga prisioneira que aparece no mesmo local de sua execução. E quando Billy conhece os segredos do castelo, em especial, o envolvimento do mundo sobrenatural com um propósito de ter ido parar ali.

Com uma linguagem simples e fluida, A prisão mal-assombrada, mesmo tendendo ao Infantojuvenil, possui características de Terror e Suspense que agradará os mais velhos pela forma que Delaney escreve. E por isso, temos uma ressalva, a narrativa poderia ser mais longa, parece mais um conto em meio ao que o autor já lemos em sua série famosa. Mesmo assim, os detalhes do cenário funesto e dos personagens são bem utilizados, descrevendo os mesmos com maestria característica do britânico, em especial o local conhecido como O Poço da Bruxa, aonde as mulheres acusadas de feitiçaria ficavam até serem enforcadas.

As ilustrações de Scott M. Fischer (conhecido pelas ilustrações em Halo, Harry Potter, Star Wars, Robert Jordan’s Wheel of Time, Magic: the Gathering e Dungeons & Dragons) em P&B, são um caso à parte, de página inteira, evocando as cenas de um castelo escuro e airoso e seus habitantes fantasmagóricos e que passam um pouco das atitudes e sentimentos dos personagens da história.

a prisao mal assombrada

Com um final bastante surpreendente, A Prisão mal-assombrada poderá ser a porta de entrada para a Literatura de Terror, breve e rápida leitura, merece a atenção pelos sustos.