em , ,

TopTop

Assim falava Rohan Kishibe acerta com suas histórias bizarras

JoJo’s Bizarre Adventure é uma das séries de mangá/anime mais longas e conhecidas. Um grande clássico da autoria do mangaká Araki Hirohiko, uma leitura simples com sua narrativa convicente, que criou uma das maiores franquias dos mangás japoneses.

Entre as várias séries apresentadas desde 1987, Araki apresentou personagens como Rohan Kishibe, um mangaká intrigante que estreou em JoJo’s BA: Diamond is Unbreakable, servindo como seu alter ego. É este personagem que ganha um spin-off na Netflix.

O anime Assim falava Rohan Kishibe (Thus Spoke Kishibe Rohan) traz esse personagem que sob os holofotes em Diamond is Unbreakable não ganhou tanto tempo. Para quem é fã da série, vê-lo de volta em toda a sua glória com seu bizarro Porta do Céu (Heaven’s Door Stand), que pode ser uma das habilidades mais poderosas em toda a série, é bastante empolgante. Mas como o anime se passa no universo JoJo, para aqueles que não estão familiarizados com as origens desse universo, garantimos o desfrute da série.

O spin-off

O interessante desse spin-off de quatro capítulos é que, apesar da narrativa focar em Rohan, na verdade a narrativa é sobre outros personagens e situações em que eles se encontram. O próprio Rohan normalmente não sai procurando ocorrências estranhas, mas elas vêm até ele. Ele é um observador casual participando de algumas circunstâncias extraordinariamente bizarras.

Os quatro episódios possuem elementos de terror, como a obra que o precede. JoJo’s Bizarre Adventure possui em sua narrativa elementos espalhados, mas aqui em Then Spoke Kishibe Rohan os extrai e os amplifica para um nível totalmente diferente. Desde os tons brevemente parecidos com Harry Potter que convergem a uma melodia surreal e profundamente perturbadora aos monstros misteriosos que aparecem ao longo do episódio, cada pedacinho deste OVA (Original Video Animation) nos presenteia com uma ficção bem interessante.

Mas por baixo do terror, há também um ar de absurdo. Como é uma versão de um mangaká tentando ganhar experiências a fim de escrever suas próximas histórias; encontramos ele nos contando e absorvendo esses eventos paranormais.

Os quatro episódios

Os OVA do David Production foram lançados entre 2017 e 2019 no Japão. O episódio “O Pedaço dos Milionários” saiu em 2017, “Mutsu-kabe Hill” veio em 2018 e “O Confessionário” e “A Aposta” saíram juntos em 2019.

O Confessionário traz uma bizarra confissão de um senhor que sofre de uma maldição que o persegue;

Mutsu-kabe hill apresenta um evento paranormal envolvendo uma jovem noiva, herdeira de uma família milionária e um namorado, jardineiro da propriedade que vive. Um romance que leva a um episódio de torpor e sangue;

O pedaço dos milionários é sobre a possível venda de uma casa num lar de milionários, que se torna um perturbador jogo mortal envolvendo etiqueta e riqueza;

A aposta traz o mangaka numa competição com um modelo na academia que avança numa doentia obsessão que culmina num final trágico.

Cada qual funcionando bem, com uma leve sequência de continuidade mantendo tudo junto, enquanto seus enredos diferentes parecem que poderiam ter sido extraídas de uma antologia de terror. Curiosamente, também ‘assume um tom cômico, quando o próprio Rohan se depara com esses eventos inexplicáveis.

O bizarro de JoJo’s

Entre as cenas, temos a de um homem que vê sua própria filha diante dele ameaçando sua vida, possuída por um demônio, que a língua da jovem para desafiar seu pai a mastigar três pedaços de pipoca no ar para que não morra. Parece ridículo, mas em JoJo’s Bizarre Adventure temos essas situações estranhas e, embora possam ser interpretadas como tal, temos uma tensão que nos envolve.

E Assim falava Rohan Kishibe está repleta dessa tensão que nos deixa boquiabertos com as e bizarrices em sua tela e a estranheza que se desenrola. É uma interpretação verdadeiramente magistral de uma série de anime que geralmente depende apenas da ação, mas quando mescla o terror, se supera.

Devido à natureza episódica, uma vez que introduz um conto novo e inexplicável a cada episódio, o anime possui aspectos seriamente perturbadores. Canaliza facilmente séries como Junji Ito Collection, The Twilight Zone ou The Outer Limits, com seu gosto pelo sangue e pelo trash.

Elegante, bem escrito e com uma estética perversamente única, um toque de cores fortes e quatro histórias deliciosamente sombrias; Assim falava Rohan Kishibe não é só um derivado de JoJo’s, mas surpreende com suas características peculiares. Recomendamos o anime, pena que só tem esses poucos episódios, merecia mais.

Nota: Ótimo – 3.5 de 5 estrelas

Assim falava Rohan Kishibe acerta com suas histórias bizarras
3.5 / 5 Crítico
Avaliação
Publico (0 notas) {{ reviewsOverall }} / 5
Reviews Deixei sua nota!
Order by:

Be the first to leave a review.

User Avatar User Avatar
Verificado
{{{review.rating_comment | nl2br}}}

This review has no replies yet.

Avatar
Show more
Show more
{{ pageNumber+1 }}
Deixei sua nota!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ativista

Publicado por Cadorno Teles

VerificadoEscritorGamerColecionadorPromotor(a)NarutoGibizeiroRepórterSuper-fãs

BTS apresenta versão acústica de “Life Goes On”

Revista inglesa elege os 50 melhores solos de guitarra de todos os tempos