em , ,

TopTop

Crítica de O Que Aconteceria Se… Killmonger Tivesse Resgatado Tony Stark?

What If…? , a animação da Marvel Studios trazida pelo Disney+ veio mesmo com o propósito de nos surpreender, a cada semana mais, com versões alternativas de personagens e situações já conhecidas. Após um episódio de terror focado em uma epidemia de zumbis, seguimos para uma trama decididamente mais convencional, com um encontro inesperado: aquele entre o Homem de Ferro e o Erik Killmonger.

E se … Tony Stark não tivesse caído nas mãos dos terroristas do Ten Ring naquele dia fatídico no Afeganistão? E se fosse salvo por  Erik “Killmonger” Stevens, um oficial da Marinha que descobrimos que na verdade é primo de T’Challa, o Pantera Negra? O que poderia surgir da aliança improvável entre os dois?

Para este sexto episódio de What If …? temos um duplo retorno: o retorno às histórias derivadas diretamente de um ou mais filmes do Universo Cinematográfico Marvel e um verdadeiro retorno às origens, visto que a história reescreve os próprios fundamentos desse universo narrativo. Já que as ações, atitudes e invenções de Tony Stark foram ao mesmo tempo o motor e o combustível do MCU em tantos filmes que repensar os acontecimentos do primeiro longa significa repensar todo o universo narrativo, não com uma única reviravolta, mas com um caleidoscópio de possibilidades para as quais dez temporadas da série não seriam suficientes.

Tony acaba não sendo sequestrado e não se torna o herói complexo e multifacetado que conhecemos, permanecendo o mesmo brilhante, arrogante e perigoso comerciante de armas, O amadurecimento não ocorre, tornando-o um personagem muito menos interessante. E a questão vai além do próprio título do episódio, mas sim “ E se o plano de conquista de Killmonger fosse diferente?”

Não faremos um grande spoiler, mas o jovem militar simplesmente implementa um plano diferente e muito mais sutil e complexo do que aquele que o vê como protagonista em Pantera Negra. E a tragédia característica da série até agora envolve a implementação do seu plano de conquistar Wakanda por uma série de etapas eficafez a nível narrativo, mas meio que forçado, tornando o personagem um gênio no nível do Loki ou um Lex Luthor dos quadrinhos, apesar de ser muito mais jovem do que o vemos no Pantera Negra.

O roteirista AC Bradley literalmente sacrifica no altar da (re) construção de um vilão um punhado de excelentes personagens que, em seu arco narrativo, permanecem inacabados, enquanto fazem de Killmonger um personagem aparentemente invencível e, para isso, não ficou muito interessante. Mesmo asssim, o episódio vale por seguir a citação “Cada vilão é um herói de sua própria história” literalmente ao fazer de Killmonger, um vilão, o herói. Mesmo com um final um tanto repentino, Episódio 6 de What If …? tem uma ótima história original e vive até o hype graças ao desempenho de Michael B. Jordan, notável retorno de ator e personagem e suas sequências de ação impressionantes.

Nota: Bom – 3 de 5 estrelas

Crítica de O Que Aconteceria Se… Killmonger Tivesse Resgatado Tony Stark?
3 / 5 Crítico
Avaliação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *