Começa a programação intensa do Fantasporto 2019

Ambrosia Agenda Começa a programação intensa do Fantasporto 2019

Depois de uma bela programação de homenagem a clássicos do cinema, o Fantasporto inicia sua programação mais intensa e recheada de filmes inéditos neste fim de semana, dias 23 e 24 de fevereiro.
O Teatro Rivoli, no Porto, estará exibindo filmes tarde e noite todos os dias até o fim do festival. As sessões começarão as 15 da tarde e seguirão até as últimas sessões, que ocorrerão por volta das 23hs.
Neste sábado, dia 23, a programação conta com filmes sul-coreanos, americanos, húngaros e até mesmo brasileiros, com a exibição do longa de Daniel Augusto, escrito por Braulio Mantovani: Albatroz (no destaque) às 19hs no Grande Auditório. O filme tem estreia no Brasil marcada para 7 de março.
Destaque também para a exibição do novo longa do diretor sul-coreano Kim Ki DukHuman, Space, Time and Human, às 21hs, também no Grande Auditório.
O Pequeno Auditório contará com a exibição de filmes que fazem parte das retrospectivas Húngara e Taiwanesa. Às 15:15, May 13th, Night of Sorrow, de Lin Tuan-Chiu, um filme de 1965. E às 17:15, Open, de Orsi Nagypál, um recente filme da cinematpgrafia húngara.
Mais tarde, a variedade da programação continua com um filme mexicano e outro filipino.
A sessão das 21:15 mostrará Two Times You (Dos Veces Tú), de Solomón Askenazi, que traz a história de Tania e Daniela, que trocam de maridos durante um casamento apenas para se divertirem. Mas um acidente de automóvel a seguir vai criar novos e estranhos relacionamentos.
E pra fechar o primeiro sábado de Festival, o Pequeno Auditório exibirá Waiting for Sunset, vencedor do Melhor Filme no Cinemalaya Independent Film Festival, às 23:15, de Carlo Catu, roteirista de “Laut”, filme apresentado no Fantasporto em 2018.
Já no domingo, dia 24, ocorrerá a primeira sessão de curtas-metragem do Fantasporto 2019.
Às 15:15, a sessão de curtas, inteiramente dedicada ao cinema português, vai exibir “A Era das Ovelhas” de Eva Mendes, Joana de Sousa e Sara Augusto; “Eva”, de Bernardo Lopes; “Summerfest”, de Maria Hespanhol; “Bluebird”, de Amanda Sant’Anna, Carlos Fernandes, Gonçalo Veloso, João Lage, João Mendes; “Metade”, de Hugo Neves, Filipe Teixeira, António Riboira, Vasco Gonçalves; “After Party”, de Pedro Santasmarinas; “Dig Another Grave”, de Francisco Morais e Miguel Pinto. “Magister”, de Gustavo dos Santos; “Fiddler”, de Pedro Melo e “Mysteries of the Wild”, de Rui Veiga.
Destaque para “Last Sunrise”, de Wen Ren, um dos primeiros de ficção científica da China, às 18:15, no Grande Auditório.

E também para “In Fabric”, de Peter Strickland, exibido às 23:15, também no Grande Auditório.

#Novidades