em ,

Trilogia Millennium chegará as telas de cinemas mundiais.

A Trilogia Millennium se trata dos três livros escritos pelo autor sueco Stieg Larsson e que fizeram um sucesso estrondoso na Europa, chegando mais tarde em solo americano e em 2008 aqui no Brasil. Os três livros são: Os Homens Que Não Amavam As Mulheres, A Menina Que Brincava Com Fogo e A Rainha do Castelo de Ar, todos já lançados no Brasil pela editora Companhia das Letras.

Os livros contam a história de uma personagem cativante, Lisbeth Salander, uma hacker super inteligente que de repente se vê envolvida em uma trama complexa com direito a corrupção, invasão de privacidade, violência sexual, neofacistas e abuso de poder. E Lisbeth sempre pode contar com a ajuda do jornalista Mikael Blomkvist, editor-chefe da revista Millennium.

Stieg Larsson era um jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, mas faleceu subitamente em 2004 em decorrência de um enfarto e não pode desfrutar do enorme sucesso que sua obra está fazendo.

A Companhia Yellow Bird comprou os direitos autorais do filme, e a produção ficou a encargo da produtora Music Box. Com direção de Niels Arden Oplev o primeiro filme foi lançado em Fevereiro de 2009 na Dinamarca e em Agosto do mesmo ano, 25 cópias foram vendidas para outros países. Esses países, o Brasil incluído, agendaram o lançamento do filme para o ano de 2010. Os outros dois filmes da trilogia já foram feitos e lançados todos no ano de 2009.

O lançamento do primeiro filme foi um sucesso estrondoso e logo se tornou uma febre. O longa faturou 7,4 milhões de bilheteria e levou mais de 2,8 milhões de espectadores aos cinemas europeus.

No primeiro filme da trilogia, Os Homens Que Não Amavam As Mulheres (män son hatar kvinnor no original), o jornalista investigador Mikael Blomkvist (Michael Nyqvist) que escreve para a revista Millennium, perde um processo contra o corrupto industrialista sueco Hans-Erik Wennerström (Stefan Sauk) e é sentenciado a três meses de prisão.

Antes de começar sua sentença, Blomvkist é contratado por Henrik Vanger (Sven-Bertil Taube), um executivo aposentado que costumava ser presidente de  um conjunto de grandes companhias, as quais pertencem a sua família por anos. Vanger quer que Mikael resolva o mistério do desaparecimento de sua sobrinha de 16 anos. O problema é que a menina já está desaparecida a 37 anos. O velho executivo está convencido de que a menina foi assassinada por alguém da família. Blomvkist recebe a ajuda em sua busca da hacker Lisbeth Salander (Noomi Rapace), uma jovem punk que está sendo erroneamente perseguida pelo seu tutor, e teve problemas com autoridade a vida inteira. E apesar da aparência agressiva, Lisbeth é muito inteligente e os dois vão formar um par de detetives nada convencionais.

O filme está previsto para estrear no Brasil em 14 de Maio. Quanto aos outros dois, existem datas mas nada muito certo ainda. Assim que eu tiver mais informações estarei disponibilizando aqui.

Por causa do grande sucesso da trilogia nos cinemas europeus, Hollywood já mostra um interesse bastante concreto em realizar uma adaptação nos padrões americanos. Até já escalaram uma atriz para o papel de Lisbeth, que será Carey Mulligan a menina com rosto fofinho de “Educação”. Quem irá dirigir os filmes será David Fincher, conhecido por seu trabalho em “O Curioso Caso de Benjamin Button”. As filmagens estão previstas para iniciar em Setembro e a adaptação do roteiro ficou a cargo de Steve Zaillian de “A Lista de Schindler”.

Pelo o que eu já vi dos filmes, Hollywood vai mesmo é estragar a trilogia, afinal obter lucro com o sucesso e idéia alheia é muito mais simples e fácil.

Não percam a resenha dia 10 de Maio.

Melissa.

alguém opinou!

Deixe sua opinião!

Deixe sua opinião

Publicado por Melissa Andrade

Segundas de Mistério – Fringe e CSI

Bitscópio: F-Zero e o paradoxo na representação de um game de corrida