Agora que já se sabe que o novo Homem Aranha será Tom Holland e o diretor, Jon Watts, o produtor Kevin Feige falou ao site Birth Movies Death sobre o tom dos próximos filmes do herói. Feige cita como influência os filmes de John Hughes, o papa do cinema adolescente dos anos 80, que tão bem retratava essa fase da vida nas telas.

É a novela da escola e aqueles personagens secundários que são interessantes. Da mesma forma como não víamos um filme de roubo ou de encolhimento [fazendo referência a Homem-Formiga] há muito tempo, também não víamos um filme de John Hughes há muito tempo. Não que podemos fazer um filme de John Hughes – só ele podia fazer isso -, mas estamos inspirados nele. Mesclar isso com o universo dos super-heróis de uma forma que nunca fizemos antes, isso nos anima“, disse Feige.

O produtor também falou sobre os conflitos de Peter Parker. “Queremos fazer um filme que mostre as possibilidades do tipo ‘essa pessoa é ruim e vai fazer coisas ruins e muita gente pode morrer’ ou ‘se você não chegar em casa na hora e sua tia descobrir, toda sua vida vai mudar’. Nessa idade, tudo parece ser um caso de vida ou morte. As provas parecem ser vida ou morte. Chegar em casa depois de ter saído com seus amigos parece vida ou morte. As apostas são altas nessa idade.

Tom Holland
Tom Holland, o novo Homem Aranha

E, felizmente, de fato não será um filme de origens. Além disso, Feige tem interesse em mostrar vilões que ainda não foram usados no cinema.

O novo longa será lançado em julho de 2017, e será o primeiro da nova fase do Amigo da Vizinhança no cinema, após o acordo da Sony com a Marvel, que permitirá que o personagem faça aparições em filmes da Marvel Studios, e que os personagens como os Vingadores possam surgir nos do Aranha.

Participe com sua opinião

Por favor preencha o comentário!
Por favor, digite seu nome aqui