em

Grafologia: a verdade através das letras

Aquilo que uma pessoa escreve pode indicar muitas coisas sobre ela, não apenas através do conteúdo, mas a partir da sua letra. Elementos como traços de personalidade, talentos, características de comportamento em relacionamentos pessoais ou profissionais, podem ser analisados por uma simples amostra da letra de uma pessoa. E muitas empresas utilizam o método para renovar o seu quadro de funcionários ou preencher vagas de direção e chefia.

Conhecida como grafologia, a ciência que estuda as características de uma pessoa a partir da forma da sua escrita, leva em consideração diversos aspectos das letras e da disposição delas por um texto, como a pressão empregada na caneta ou lápis, o margeamento ao iniciar uma narrativa, o espaçamento entre elas e até a forma como acentos são escritos; dados que podem ser fundamentais para revelar características de quem está escrevendo.

Além do aspecto corporativo, a grafologia pode servir como elemento de autoconhecimento. A análise, geralmente feita a partir de uma amostragem de quinze a vinte linhas de texto, pode proporcionar uma compreensão do que somos e indicar caminhos para a correção de problemas e até antecipar a procura por ajuda médica. Alterações de saúde podem aparecer em alguns dos mais de 200 pontos analisados pelos especialistas para emitir uma análise.

Grafologia: a verdade através das letras | Entrevistas | Revista Ambrosia
Sandra Santos (acervo pessoal), especialista em Grafologia

Profissional com quase 25 anos de experiência a grafóloga mineira Sandra Santos é uma das referências da técnica no Brasil. Colecionando diversas aparições em programas de televisão, Sandra – que é formada em Comunicação Social, pós-graduada em Recursos Humanos e presta consultoria para diversas empresas em seus processos de contratação, além de ministrar cursos pelo Brasil e Europa -, reitera a importância da grafologia.

“A análise grafológica diz muito sobre nós e vem sendo usada em muitos segmentos do campo empresarial, para orientação vocacional e até para iniciar trabalhos e coaching. É uma técnica que permite assertividade alta, ganho de autonomia de tempo”.

Sobre a utilização da grafologia para definir contratações, a especialista é enfática: “ Uma empresa pode referendar a grafologia como sendo um mecanismo para fechar a contratação. Hoje a gente admite por currículo, admite por títulos e demite por comportamento. A grafologia é quem indica aspectos da inteligência emocional.  Não há como a pessoa enganar (com a amostra de texto), pois ela não tem ideia da profundidade com que está sendo analisada”.

Para a fisioterapeuta Daiane Monteiro, uma das proprietárias de um complexo de saúde e bem-estar em Sorocaba, no Estado de São Paulo, e que teve sua letra analisada por Sandra Santos, a grafologia tem um valor inestimável.

Grafologia: a verdade através das letras | Entrevistas | Revista Ambrosia
Daiany Monteiro (acervo pessoal). Fisioterapeuta é entusiasta da grafologia

“Fiquei surpreendida como uma técnica pode apontar tantos aspectos reais da nossa personalidade. Fiquei feliz em ter um feedback tão qualificado quanto o da Sandra e saber que meus objetivos de vida e trabalho estão alinhados com minha personalidade”.

A fisioterapeuta ainda destaca que a grafologia pode ser essencial na hora de contratar funcionários para a sua clínica.

“Através dessa técnica podemos ter uma melhor visão do perfil que nós queremos e dos candidatos que viermos a ter. Assim temos como contratar quem vai se alinhar mais aos nossos propósitos”.

Depois de ter sua escrita avaliada, Daiany se tornou uma entusiasta da técnica. É em sua clínica em Sorocaba que Sandra costuma dar palestras e cursos no Estado de São Paulo.

Um pouco mais sobre a grafologia

As primeiras referências sobre a personalidade de um indivíduo a partir da análise de sua letra datam do século IX e ocorreram na China e no Japão, mas foi no século XVII que a prática passou a ter notoriedade e ser classificada como ciência a partir da contribuição do arqueólogo e abade francês Jean H. Michon, um dos primeiros a codificar os sinais encontrados na grafia contemporânea e suas interfaces com a personalidade humana, além de ter publicado diversos estudos na imprensa europeia da época e palestrar e divulgar seu método pelo mundo.

Desde então a grafologia evoluiu e vem sendo empregada em processos seletivos para vagas em diversas companhias no Brasil e no mundo, para a análise forense e outras aplicações.

Quem desejar conhecer mais sobre a grafologia pode acompanhar o trabalho da especialista Sandra Santos através das suas redes sociais ou site.

Grafóloga faz ciclo de atividades em Sorocaba

Em passagem por Sorocaba, Sandra Santos realizará nesta quinta-feira (21), a partir das 19h30, uma palestra para falar sobre os princípios básicos da grafologia, especialmente para estudantes e profissionais de recursos humanos. Além da palestra, Sandra ministrará um curso básico de grafologia e realizará atendimentos em parceria com o Espaço Harmovida. Os atendimentos serão das 8h às 20h, nesta sexta-feira (22), e o curso das 9h às 18h, no sábado e domingo (23 e 24).

Para quem se interessar e desejar mais informações é só entrar em contato com o Espaço Harmovida, localizado na Rua Artidoro Badine, nº 75, Jd. Santa Rosália. Ou ligar para  (15) 3321-8546.

Deixe sua opinião

Avatar

Publicação Marcelo Adifa