Ambrosia Ambrosia "Em Chamas": entre o singelo e sua combustão

"Em Chamas": entre o singelo e sua combustão

Foram oito anos de espera até vermos um novo filme do coreano Chang-Dong Lee após a unanimidade que foi seu último filme Poesia.
Baseado num conto do autor japonês Haruki Murakami, ele trouxe, após aplausos acalorados em festivais (especialmente, Cannes), Em Chamas, que dimensiona os acontecimentos do encontro entre Jong-su (Ah-In Yoo, maravilhoso), um entregador que no meio do serviço reencontra Hae-mi (Jong-Seo Jeon) , garota que não via desde os tempos da infância.
Quando a jovem pergunta a Jong-su se ele poderia cuidar de seu gato enquanto estiver fora, em uma viagem à África, ele aceita a tarefa, mas não imaginava que ao retornar de sua viagem, voltaria acompanhada de Ben (Steven Yeun, o Glenn de The Walking Dead), um homem rico e enigmático. Forma-se um triangulo muito mais enigmático que amoroso, mesmo que a paixão dê a tônica dessa trama.

Chang-Dong mira sua câmera mais em seus personagens, sobretudo em Jong-su do que na narrativa em si. Isso não esvazia a história, apenas os torna os condutores dramáticos da narrativa. Sozinhos. Tanto que o filme passa por diversos temas e por pelo menos dois gêneros, ao longo de seu desenrolar.
Por mais interessantes que os personagens sejam (e são!), a linguagem contemplativa que ele os envolve acaba por denotar um excesso de duração (bem perceptível) ainda que o desenvolvendo seja bem explorado e apresentado, sobretudo pelo impacto de seu final.
De tantos caminhos que o roteiro propõe, o sumo extraído pelo diretor está no desenvolvimento dramático que ele tira do viés político e classicista da relação entre essas três personalidades. A combustão do filme vem daí. Sua justificativa também. O olhar de Chang-Dong pode ser corrosivamente singelo. A experiência continua valendo a pena.
[rwp_box id=”0″]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Novidades

Binarious une trip hop, indie folk e experimental em EP que aborda aflições contemporâneas

O duo brasiliense Binarious reflete o mundo ao seu redor com melancolia, urgência e um olhar contemporâneo no EP de estreia do projeto. Já...

Cantando abertamente o sexo e o amor carnal, MAYA lança lyric vídeo para o indie pop sensual “Set The Mood”

Caminhando entre o R&B e o indie pop, MAYA canta abertamente o sexo e os prazeres em “Set The Mood”, faixa que compõe o...
video

Annabelle 3 – Confira a experiência 360 graus do cenário

AVISO: não toque em nada! Explore a sala de artefatos dos Warren nessa experiência 360º de Annabelle 3. O filme estreia em 27 de...

Morre o diretor italiano Franco Zeffirelli

Faleceu nesse sábado (15/06) o cineasta italiano Franco Zeffirelli, aos 96 anos. Zeffirelli foi o último da geração de diretores italianos que emergiram logo...